Deathsune Miku.exe (Vocaloid)

DEATHSUNE MIKU.EXE (VOCALOID)
Sou um grande fã de Hatsune Miku, aquela garota de Vocaloid que tem longos cabelos azuis. Em um dia, estava navegando na internet, com uma guia do YouTube aberta tocando algumas músicas da Miku. Eu estava mexendo no photoshop para um trabalho de faculdade. Tínhamos que fazer um design de uma capa de DVD, então pensei que poderia colocar Hatsune Miku nela. Fui para o Google imagens e pesquisei sobre ela.

De centenas imagens que havia aparecido, precisava somente de uma. Após um bom tempo procurando, achei uma bem legal. Cliquei na imagem, isso me redirecionou para o site hospedeiro e salvei-a. Quando estava prestes a fechar a guia, observei um pequeno anúncio. Era um anúncio de uma Hatsune Miku para o seu desktop, na qual você poderá conversar com ela. Achei bem legal e cliquei em cima, fazendo com que o download se iniciasse.

O tempo estimado do download era de duas horas, então daria tempo para terminar meu trabalho. Quando voltei para checar, o download já havia terminado e dei “unzip” na pasta. Tinha quatro arquivos: “Leia-me”; “IMG_0674”; “Instruções” e “Deathsune Miku.exe”. Eu ignorei o “Leia-me” e fui direto na imagem. Era a mesma que eu tinha salvado, mas não pensei muito nisso, era só uma grande coincidência. Depois cliquei nas instruções, mas o arquivo não abria, não importava quantas vezes eu clicasse em cima. Quando eu vi o último arquivo, não perdi tempo para pensar sobre o nome, poderia ser os apelidos dos desenvolvedores ou alguma coisa do tipo. Então eu cliquei em cima e instalei o arquivo, que durou cerca de três minutos.

Eu abri o novo programa e a Miku apareceu na tela, dizendo “Olá, qual é o seu nome?” em sua voz computorizada. Logo em seguida, uma caixa de texto apareceu para que eu pudesse responde-la. Então digitei “Paul”, que era meu nome. Ela respondeu “Olá, Paul. Prazer em te conhecer, nii-chan!”. Eu achei isso bem legal, porque quando não estava falando com ela, ela andava no meu desktop e interagia com os ícones. Após algumas horas fazendo uns trabalhos da faculdade e conversando com Miku, decidi que era hora de ir dormir. Então eu digitei “Boa noite, Miku” e ela me respondeu “Você não pode me deixar, nii-chan. Eu preciso de você”, mas eu estava tão exausto que apenas cliquei no [x] do programa e designei meu laptop.

No próximo dia eu peguei meu laptop e fui para o ponto esperar o ônibus que me levava para a faculdade. No almoço decidi ir para a biblioteca, tinha uns trabalhos para fazer. Então eu liguei meu laptop e coloquei meus headphones para ouvir música sem atrapalhar alguém. Quando a tela inicial apareceu, percebi que todos os ícones do desktop estavam bagunçados, então eu os coloquei em seus devidos lugares. Depois disso, Hatsune Miku surgiu na tela, “Você me deixou”, escreveu. ” Desculpe, estava muito cansado”, respondi-a. “Você realmente tem que estar arrependido, Paul”, ela retrucou. Apenas digitei “haha”, ela riu e o programa fechou. Abri o Word para que pudesse fazer os trabalhos pendentes.

Estava digitando quando ouvi Miku rir de novo, ela apareceu na tela. “Eu sempre estarei aqui, nii-chan”. Eu a respondi dizendo que estava muito ocupado. “Deixe-me ajudar!” e ela começou a digitar um texto sobre mim, dizendo como eu era nii-chan dela e como ela ficou triste quando a deixei.

Eu tentei apagar tudo, mas o programa não me deixou. Isso começou a me irritar e digitei para parar, mas ela apenas riu. Eu não tinha outra escolha a não ser desligar meu laptop, então movi o ponteiro do mouse para o botão de iniciar. Quando estava perto, pareceu que o ponteiro foi puxado para trás. Apertei logo o botão do windows (no teclado) e notei que o nome do meu computador estava como “Deathsune Nii” e isso me confundiu. Eu fiquei encarando isso por mais um tempo só para ter certeza de que não estava imaginando coisas. Miku riu mais uma vez, só que mais alto. “Você não pode fugir dessa vez”, e então meu botão de desligar desapareceu.

Quando isso aconteceu, fiquei tão irritado e pensei “Droga, acho baixei um vírus”. Eu fui para o painel de controle do computador, onde estava adicionar/remover programas, com a esperança de que isso resolveria o problema. Quando o ponteiro do mouse estava em cima do arquivo para deletar, Miku começou a chorar e implorou para que eu não fizesse isso. Ela disse que se eu a deletasse, iria arrepender. De qualquer modo, deletei.

Finalmente, não estava mais no meu computador. Alguns dias passaram e estava no YouTube, decidi escutar Miku. Eu cliquei em um enviado recentemente e a imagem que mostrava era a dos outros vocaloids mortos, pensei que era uma fanart grotesca/de humor negro. Depois de um tempo, percebi que essa fanart estava aparecendo em quase todo vídeo da Miku, como thumbnail ou como a única imagem no vídeo todo. De repente ouvi uma voz, era baixa, dizendo “Em breve”. Soava como a voz da Miku, mas pensei que era apenas o áudio do vídeo que estava rodando.

Eu chequei o horário no computador e estava “50:0N”, achei estranho porque isso não era para acontecer. Parecia que estava escrito “Soon” (“Em breve”), então o 5 mudou para 4, passando um minuto para 3, depois 2 e finalmente 1. Após mais um minuto, o relógio mudou para “–:–” e Miku apareceu na minha tela. “Você me deixou”, ela disse de novo.

Eu estava prestes a enlouquecer, eu tinha deletado o programa e agora está bagunçando meu computador. “Mas que droga, eu deleitei isso!”, gritei. “Você não pode me deletar, nii-chan”, ela me respondeu e seus olhos se tornaram completamente pretos. Fiquei em silêncio por um momento e na minha tela surgiu “Deletar System32?”, cliquei em não e outra mensagem apareceu “Você tem certeza?” e cliquei em sim, mas isso continuou aparecendo e Miku disse “Você não pode escapar disso, as coisas vão mudar, Paul”.

Mandei uma mensagem para meu amigo Jamie, que era bom em computadores, para me ajudar. Quando ele veio não tinha nada de errado com meu laptop. Ele disse eu deveria sair mais e riu, indo embora. Pensei que finalmente Miku havia saído, tudo parecia que havia voltado ao normal. O relógio, o nome do computador, o “Você tem certeza?” não estava mais aparecendo na tela, aquela imagem praticamente em todo o YouTube se foi. Eu estava feliz.

Ainda naquela noite tive vontade de ver um filme, então coloquei Bruce Almighty. Chegou na parte em que toca “Eu tenho o poder”, mas era a Miku quem cantava. Eu me sentei com uma expressão de choque em meu rosto.O filme congelou e eu ouvi novamente a voz da Miku “Eu te disse. Você não irá me perder.”

Meu laptop começou a queimar. “Eu sempre estarei aqui. O tempo é agora”, ela disse. O celular tocou e fez com que eu pulasse um pouco, mas eu atendi. Era Jamie, perguntando se eu mexi no computador dele e respondi “Não, por que?”, ele me disse que estava cheio de imagens da Miku em seu desktop. Eu falei novamente que não mexi e não teria como isso acontecer. Miku riu e a linha morreu. “Eu sou infecciosa”, ela disse e gritou em seguida, era um grito descomunal.

Senti meu estômago se revirar, eu não sabia o que fazer. Algo estranho aconteceu então. A música tema de Vincent, de Final Fantasy VII, começou a tocar.

“Isso é do seu jogo preferido, não é Paul?”

Eu tinha o arquivo da música no computador, mas ainda estava em choque. Fiquei sentando em silêncio.

“Me responda!”, ela gritou, “Seu covarde, me responda!”, fui digitar “Sim”, mas Miku disse “Não, em voz alta!”, então respondi sim. “Você é um escravo para mim”.

Meu celular tocou de novo, mas o toque mudou para “Melt”, uma das músicas de Miku. Acabei perdendo a ligação porque não tocou muito e quando vi no registro que a ligação estava “Miku”, enlouqueci.

Fui ver a minha lista de contatos para chamar Jamie, mas todos os nomes estavam como “Miku” ou “Hatsune”. Eu tirei a bateria do celular e joguei-o no chão. Miku deu aquele grito descomunal e desapareceu.

Miku não apareceu no meu computador depois disso. Eu não tenho certeza de como ela infectou meu celular, mas me lembrei que o conectei com o computador via USB para passar algumas músicas. Eu não liguei mais o celular desde o incidente, porque quando tirei a bateria, Miku nunca mais apareceu. Eu deletei do meu computador todas as imagens, músicas ou qualquer outra coisa da Miku e jurei a mim mesmo que nunca mais iria ouvir as músicas dela novamente.

Lendas de SC - Lendas gaúchas - Holismo - Antropologia - Frutas - Crianças - Imagens para Face - Aquarismo - Ivoti - Abelhas - Vagas de emprego - Tirar manchas - Como fazer maquiagem